Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA

Os últimos 10 dias fizeram um bem danado à Portuguesa. O acesso à Série A1 do Campeonato Paulista, a conquista do título da Série A2 desse estadual e a aprovação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) pelo Conselho Deliberativo do clube na noite de segunda-feira, 18 de abril de 2022, colocam a Lusa em outra rota.

LEIA TAMBÉM: Acesso da Portuguesa deve fazer FPF extinguir torneio em 2023

Muito embora o momento seja de confluência de pensamentos, de energia para lá de positiva, há muito por fazer nessa trilha de reconstrução rubro-verde. É preciso de muito foco para não se perder no gostoso caminho da fama.

QUER VESTIR AS CORES DA LUSA?
Adquira aqui a camisa retrô da Portuguesa com frete grátis


Mas esse não é o ponto central hoje. Pelo menos não hoje. A questão é o caminho pavimentado na noite de segunda-feira. Como diria Otto Glória, eterno treinador rubro-verde, não se faz omeletes sem ovos. Ou seja, é preciso ter dinheiro à disposição para manter o elenco para essa importante Copa Paulista, recuperando assim a vaga na Série D em 2023, e contratar de maneira muito inteligente e consciente para o Paulistão do ano que vem. 

Contudo, um passo por vez. E o primeiro é o elenco atual. A tarefa é difícil, todos sabem. Mas renovar com peças-chaves será mandatório. Até porque um time fraco vai estragar o caminho da reconstrução. 

Por outro lado, na segunda-feira à noite, o Conselho Deliberativo respondeu de maneira muito responsável e deu sinal verde para algo que este colunista entende ser positivo: a separação patrimonial entre clube e futebol. Em resumo, o patrimônio fica com o clube e o futebol será negociado com algum investidor.

Sendo assim, a lógica está posta. O que vai valer nesse jogo da SAF é o atual estágio da marca “Portuguesa” e o seu consequente potencial. Equação difícil, mas necessária. 

Empresas especializadas no ramo vão dar o tom, com certeza, que obviamente será escrutinado pelos pares do clube. É do jogo. Mas espero que seja ainda mais do jogo entender que esse tipo de ativo oscila ao sabor do desempenho dentro de campo.

Daí, fica evidente o quão importante será vencer a Copa Paulista de 2022. Iria até mais longe. Quão necessária será essa possibilidade de obter dois títulos na sequência. Porque conquistas estabilizam humores, e por óbvio vão refletir na eleição que se avizinha no clube no fim do ano. Efeito cascata, sublinho.

Mas o que vale ressaltar mesmo nessa história toda é que há tempos a Portuguesa não tinha uma confluência tão auspiciosa na mão. Se fizer a sua parte, manter os pés no chão, não se encantar com sereia alguma no caminho, é possível dizer com alguma segurança que 2023 será o ano da virada da Lusa no futebol. 

Metade do caminho já foi percorrido. Falta a outra parte, que será tão espinhosa quanto a primeira, mas também será de grande valor, caso tudo dê certo. Chegou a hora, Portuguesa, chegou a hora de retomar o seu lugar.

Assista aos minutos finais da transmissão NETLUSA que definiu o título da Portuguesa:

* Maurício Capela é jornalista há 28 anos. Comentarista, já trabalhou em diversos veículos, como RedeTV!, 105 FM, Tropical FM, Veja, Valor, Gazeta Mercantil.

Acompanhe o NETLUSA no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube

4 comentários

  1. Vamos nos profissionalizar, voltaremos a ser o que sempre fomos, GRANDES. É evidente que temos que ficar atentos a tudo, eu diria que principalmente a uma reaparição de alguns que se julgam “cardeais”, no futebol moderno esse tipo de gente não influencia e não acrescenta nada. Chega desse tipo de gente que se acha dono do clube. Que vá jogar sueca e bocha e deixem a Portuguesa em paz, na sua árdua batalha para voltar a brilhar.
    Vamos Lusa meu amorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

  2. A última vez que eu li isso foi em 2011 e no ano seguinte, aconteceu o que aconteceu. Sempre é o ano, sempre é a reconstrução ou o pão com margarina. E no final a soberba e a arrogância imperam no canindé. Ou então, estão a cagar pro clube e, como diz meu amigo Taubaté, foram dançar o vira depois de jogar o clube para a série b. Que esse ano seja diferente.

  3. Perfeito!!! É isso aí!!!! Responsabilidade, credibilidade, sucesso!!!! Chegou a nossa hora!!! Temos que aproveitar a oportunidade para nos reerguermos e nunca mais voltarmos ao ostracismo!!!! A LUSA é grande e sempre será!!!! Resistimos aos corruptos e pilantras que nos humilharam em 2013 e iniciaram os sucessivos fracassos… Mas esses irão para o inferno e nós com sangue, suor e lágrimas retornaremos aos bons tempos… A hora é essa….

Atenção: este é um espaço para debate saudável sobre a Portuguesa. Respeite os colegas rubro-verdes do site. Ofensas são proibidas e o comentário não será publicado.

Please enter your comment!
Please enter your name here