Maceió celebra gol pela Portuguesa contra o União Suzano
Maceió celebra gol pela Portuguesa contra o União Suzano

Na tarde deste sábado (06), a Portuguesa goleou o União Suzano por 4 a 1, no Estádio do Canindé, pela quarta rodada da Copa Paulista 2024. Os gols lusitanos foram marcados por Maceió (duas vezes) e Carlos Henrique (duas vezes).

Com o resultado, a Lusa assumiu a liderança do Grupo 5 da competição, com oito pontos, pelo menos de forma provisória. O até então líder São Caetano enfrenta o Oeste na próxima segunda-feira (08), às 15h, e retomará a liderança em caso de vitória.

Enquanto isso, o União Suzano segue sem vencer na Copa Paulista, com apenas dois pontos, ocupando a quinta posição da chave, somando dois empates e duas derrotas. O time do interior vai buscar a recuperação em casa, contra a Juventus.

Nas rodadas anteriores, a equipe lusitana empatou em 1 a 1 com a Juventus, como visitante, e em 0 a 0 com o Oeste, no Canindé, e no jogo passado superou o EC São Bernardo por 2 a 0, fora de casa. O próximo desafio da Portuguesa será fora de casa, contra o São Caetano.


O JOGO

A partida começou com o União Suzano tentando arriscar no ataque, mas a Portuguesa, na sua primeira chegada ao ataque, abriu o placar aos 4 minutos, com Maceió. O atacante aproveitou cobrança de falta perigosa pelo lado esquerdo e deixou a Lusa na frente: 1 a 0. A Rubro-Verde, mesmo com a vantagem, se manteve firme no setor ofensivo e quase marcou o segundo instantes depois, com Guilherme Portuga, que invadiu a área e finalizou, mas a bola bateu na trave.

Com 10 no relógio, a Lusa chegou ao segundo gol novamente com Maceió, que aproveitou bola que sobrou do goleiro, após boa jogada pelo lado direito ofensivo: 2 a 0. Aos 16, o time visitante teve uma boa oportunidade em cobrança de escanteio, desviada pela defesa, que Rafael Pascoal agarrou para evitar qualquer perigo. Chegando a 25 no cronômetro, a equipe lusitana se manteve no controle das ações da partida, mostrando superioridade, enquanto o time do interior aguardava uma brecha para o contra-ataque.

Chegando nos 29 minutos da primeira etapa, a Portuguesa marcou novamente, agora com Carlos Henrique, que recebeu em profundidade e finalizou com força, sem chance para o goleiro: 3 a 0. O atacante teve outra boa chance aos 30, pela esquerda, mas o chute foi muito forte e passou por cima da meta adversária, com desvio para escanteio. Três minutos depois, Kadir recebeu cruzamento pela esquerda, mas não foi feliz na cabeçada e mandou para fora. Aos 39 minutos, o União Suzano finalizou pela primeira vez, mas o goleiro lusitano defendeu sem sustos, no centro do gol.

Os 40 minutos de jogo mostravam uma Portuguesa tranquila em campo, até mesmo pelo resultado elástico, enquanto o visitante buscava, dentro de suas limitações, frequentar mais vezes o ataque. Com 41, Kadir teve uma boa oportunidade para anotar o quarto gol, mas não finalizou bem e Igor pegou. Com 45 no relógio, Maceió recebeu cruzamento na área, finalizou com força e explodiu na trave, perdendo a oportunidade de fazer um hat-trick ainda no primeiro tempo. Após três minutos de acréscimos, a primeira metade do confronto terminou aos 48.

“Fizemos um excelente primeiro tempo. Vamos escutar o que o professor tem para falar agora e voltar melhor ainda”

Maceió, no intervalo do confronto.

Na volta para do intervalo, a Rubro-Verde voltou sem alterações. Assim como no primeiro, o segundo tempo começou com a bola estufando as redes, mas desta vez para o União Suzano, que com Lúcio diminuiu: 3 a 1. Na comemoração, o jogador da equipe visitante provocou os lusitano presentes no Canindé, o que esquentou o clima do confronto, que estava calmo até então. Entretanto, com 13 minutos, a Lusa fez seu quarto gol aos 13 minutos, com Carlos Henrique, de cabeça: 4 a 1.

O enredo da segunda etapa, com 20 minutos disputadas, era semelhante ao da primeira, com o time mandante dominante, o que se refletiu no placar elástico. Limitado tecnicamente, o visitante jogava apostando no erro lusitano para atacar. No minuto seguinte, o time do interior teve a esperada oportunidade, mas o ataque não aproveitou o erro da defesa da Lusa. Com 27 no cronômetro, o técnico Alan Dotti fez duas mudanças, com as entradas de Carlos Henrique e Kadir, para as entradas de Leandro e João Guilherme.

Com 28 minutos, Pedro Henrique invadiu o campo de ataque pelo lado esquerdo e finalizou, mas o goleiro Igor realizou uma boa defesa. O União Suzano, depois de muito tempo, voltou a levar perigo aos 30 minutos, com uma bela finalização de Lúcio, que exigiu uma boa defesa de Rafael Pascoal. Dois minutos depois, Jonathan, com câimbras, foi substituído por Diogo. A partir de 35 minutos, a Portuguesa passou a jogar com um a mais pela expulsão de Lúcio, que levou o segundo cartão amarelo.

A ampla vantagem no placar e depois a numérica em campo, proporcionou à Portuguesa uma reta final tranquila de jogo. Aos 37, a equipe lusitana quase marcou o quinto com João Guilherme, que de cabeça exigiu uma belíssima defesa do goleiro adversário. Com 40 minutos, o técnico lusitano tirou Hudson e Maceió, para as entradas de Pedrinho e Renan Nunes, as últimas alterações da Rubro-Verde. Aso 44, Renan Nunes quase marcou o quinto em bola que sobrou dentro da área, mas mandou para fora. Após três minutos de acréscimos, o jogo acabou aos 48, com a goleada da Portuguesa: 4 a 1.

“Lateral-esquerdo extremo (risos). A gente quer ajudar e faço o que posso para ajudar a Portuguesa, o treinador, e graças a Deus fui muito feliz em fazer dois gols hoje”

Carlos Henrique, após o confronto.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA: Rafael Pascoal; Sciencia, Kauã, Marco e Pedro Henrique; Hudson (Renan Nunes), Jonathan (Diogo) e Guilherme Portuga; Carlos Henrique (Leandro), Maceió (Pedrinho) e Kadir (João Guilherme).

Técnico: Alan Dotti

UNIÃO SUZANO: Igor; Cauã (Vinicius), Wellington, Deivide e João Guilherme; Léo, Matheus Martins (Lúcio), Paolo; Matheus Jesus (Fran), Alan (Kaíke) e Artur (Cesinha).

Técnico: Petterson Martins

10 comentários

  1. o suzano parecia time amador,mas foi uma bela vitoria da lusa, mais uma excelente atuação do carlos henrique, a continuar assim,ele nao ficará muito tempo na lusa,o castanheira ja deve estar mandando video dele pra 400 clubes, isso se já não passou o passe dele pros coreanos que tomaram conta do clube…vamos de rodada em rodada até ver onde chega a mulekada..

  2. Não assisti ao jogo, mas meu filho deu a mesma descrição da partida apresentada pelo Pereira no primeiro post. Parabéns à molecada e ao Alan Dotti que contra tudo e contra todos (digo isto por causa da diretoria) consegue manter o time lutando por classificação. Pensei a mesma coisa que o Fernandinho, daqui a pouco o Castanheira empresta a preço de banana o Carlos Henrique e mais algum outro destaque. A próxima partida será bem mais difícil que qualquer uma até agora: São Caetano no Anacleto Campanella. Sem querer desmerecer o feito de hoje, havia assistido outras duas partidas do União Suzano e dava para ver que este time é horroroso, um catado (assim como o Oeste).

  3. Eu assisti até 2×0 mais um pouco até os 35 do 1º tempo, não dava mais dada a ruindade do time quase juvenil do Suzano, boa vitória, mas como diz o ditado bateu em bêbado.

  4. Tirando o primeiro gol do Carlos Henrique (golaço), todos os gols foram por erros claros do adversário. A defesa do Suzano batia cabeça o tempo todo e fazia tempo que eu não via defensores tão ruins com a bola no pé, os caras não conseguiam dar um passe.

    Sobre o nosso time, destaque negativo para o Kadir. Não conseguiu aparecer contra esse Suzano fraquíssimo, o recém-contratado João Guilherme fez mais em bem menos tempo de jogo.

  5. Parabens ao Sub 20 da nossa Lusa pelo resultado. Suzano muito Fraco Só tinha o Camisa 8 e o 10 ambos com muita abilidade no toque da Bola. a Lusa precisa de um olheiro para trazer esse camisa 10 de Susano para o Canindé.

ATENÇÃO: este é um espaço para debate saudável sobre a Portuguesa. Todas as mensagens e os seus autores são rastreados. Seja educado e respeite os colegas do site. O NETLUSA não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários.

Please enter your comment!
Please enter your name here