Foto: Divulgação

Hoje com 37 anos e sem clube, Luis Ricardo teve uma grande passagem pela Portuguesa entre 2010 e 2013. O lateral direito se destacou principalmente pelo seu poder ofensivo. O jogador considera o momento na Lus como um dos melhores da carreira e classifica o clube do Canindé como sua ‘segunda casa’.

“Primeiramente, é uma satisfação estar podendo falar um pouco da minha carreira, e falar da Portuguesa, que foi minha segunda casa. Foi um grande momento na minha carreira, onde cheguei como atacante e virei lateral. Onde conquistei títulos e muitas amizades. Mas, acima de tudo, consegui em todos esses anos jogar em alto nível”, disse ao NETLUSA.

LEIA TAMBÉM: Sem clube, Luis Ricardo deixa portas abertas para retorno à Lusa

Acompanhe o NETLUSA no Facebook, Instagram, Telegram e YouTube

No segundo ano de Canindé, Luis fez parte de uma das maiores equipes da história da Lusa, a famosa ‘Barcelusa’, que venceu o Campeonato Brasileiro da Série B de 2011 dando show a cada partida. O jogador credita o sucesso lusitano na época ao bom momento individual que os atletas vinham passando, inclusive ele, e ainda ressaltou o sistema defensivo.

“Todos os jogadores estavam vivendo um grande momento na carreira. Individualmente falando, eu também estava em um momento especial na minha carreira, onde consegui fazer gols e dar passes. Além disso, tínhamos uma defesa bem consistente”, recordou.

Queda nos tribunais

Luis Ricardo saiu da Portuguesa depois do Campeonato Brasileiro de 2013. Em campo, a Lusa conseguiu se livrar da queda à Série B. No entanto, poucos dias depois, uma punição do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela escalação irregular de Héverton viria a rebaixar a Lusa, isso enquanto o lateral direito ia para o São Paulo. O jogador relembrou o caso e revelou tristeza com o que aconteceu, além de lamentar a atual situação do clube.

“Presenciei isso em outro clube e o sentimento não só meu, que havia jogado pelo clube, mas a tristeza de outros jogadores que tinham a Lusa como umas das forças de São Paulo. Foi triste e está sendo triste, pois ela ainda não se reergueu como queremos, mas torcida não falta, mesmo estando em outros clubes”, concluiu.

As declarações de Luis Ricardo foram em entrevista exclusiva ao NETLUSA. Anteriormente, foi destacado um trecho em que o lateral direito ressalta estar livre no mercado depois de uma passagem pelo Oeste-SP, onde disputou a última Série C. O jogador ainda se coloca à disposição para voltar à Portuguesa, o que não acontecerá no momento por causa do limite de inscrições da Copa Paulista.

Notícia anteriorPortuguesa foca na parte física antes de encarar o Taubaté
Próxima notíciaDanilo Pereira valoriza ‘semana cheia para trabalhar’ na Portuguesa

1 COMENTÁRIO

  1. Pior é que mesmo com 40 anos ainda é melhor que todos do time atual. O técnico também faria mais gols que qualquer um dos atacantes que temos. Que situação. Que ponto chegamos. Estamos a uma vitória para avançar de fase da copa paulista a dua rodadas e não conseguimos vencer os dois últimos jogos pra carimbar a vaga. Começa a dar medo!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here