Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA

Oito gols em oito partidas. É com esse retrospecto que Paraizo, de 19 anos, enche de esperança o torcedor da Portuguesa. O atacante é o artilheiro do Paulista Sub-20 ao lado de Ivonei, do Santos, e não esconde a vontade de fazer parte do elenco profissional rubro-verde e corresponder a torcida. “É o sonho de todos. Um time desse tamanho, com essa camisa…”, derreteu-se pela Lusa, em entrevista ao NETLUSA.

LEIA TAMBÉM: Lusa será o 3º clube que menos viajará na primeira fase da Copa Paulista

Quem vê o brilho do camisa 9 nem imagina que sua chegada ao clube aconteceu por uma coincidência do destino. “Eu estava conversando com meu empresário no telefone e o Alan [Dotti, técnico do sub-20] ligou para ele. Meu empresário me deixou na espera e comentou de mim para ele, que pediu para eu fazer a avaliação no dia seguinte”, contou o jogador, que foi revelado pelo Noroeste e defendeu a Matonense na Copa São Paulo deste ano.

Os caminhos de Paraizo e Portuguesa, entretanto, já se cruzaram muito antes. O atacante atuou no sub-15 da Lusa, em 2016, mas precisou sair, contra a sua vontade. “Me mudei para Americana e o meu pai preferiu que eu mudasse em vez de continuar jogando”, recordou.

Adquira aqui a camisa 2022 da Portuguesa com frete grátis

A Portuguesa ocupa a terceira colocação do Grupo 8 do Paulista Sub-20 e briga pela classificação. A última vez que o clube conquistou o título da competição foi em 2010. Naquele ano, atletas que brilharam na Barcelusa, na temporada seguinte, faziam parte do grupo, como o volante Guilherme e o meia-atacante Henrique. “O time vem melhorando e estou conseguindo ajudar. O importante é fazer sempre um bom jogo. Os gols são apenas consequência do trabalho de todos”, afirmou.

Paraizo tem média de um gol por jogo no Paulista Sub-20 (Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA)

Claro que o título do Paulista Sub-20 serviria para coroar uma boa campanha e a artilharia. No entanto, a base dos clubes tem, como prioridade, a formação de atletas para o time profissional. E é justamente este caminho que Paraizo quer trilhar. “Sei que são degraus. Espero conseguir uma vaga para compor o elenco na Copa Paulista e conquistar o meu espaço para, pelo menos, fazer parte do elenco do Paulistão”, declarou.

Sonho

Como já citado, o atacante tem o sonho de fazer parte do time profissional da Portuguesa. Mais que isso. Paraizo se diz entusiasmado só de pensar em vestir a camisa da Lusa no time do técnico Sérgio Soares. “O meu sonho é fazer um jogo com a camisa da Portuguesa profissionalmente. Essa sensação na base já é indescritível, imagina num profissional, com toda aquela torcida da Portuguesa. Fico eufórico só de pensar em jogar um Paulistão, que é o maior Estadual do país, com a camisa da Lusa”, concluiu.

Na Portuguesa desde março, o camisa 9 tem contrato somente até novembro deste ano. Internamente, a diretoria rubro-verde já corre para renovar com a sua joia. Enquanto isso, o jogador e a equipe sub-20 da Portuguesa entram em campo nesta quarta-feira (22), às 15h, diante do Metropolitano, fora de casa, pela nona e penúltima rodada da primeira fase do Estadual. A Lusa busca seguir na briga pela classificação, enquanto Paraizo quer alimentar o seu sonho com novos gols e boas atuações.

Paraizo comemora gol diante do Guarani (Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA)
Acompanhe o NETLUSA no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube

5 comentários

  1. Goleadores são raros e valiosos, é preciso renovar seu contrato e utilizar no principal para ver sua adaptação e rendimento, alguns destaques na base não conseguem destaque quando são promovidos, torcemos para o Paraizo manter o faro de artilheiro.

Atenção: este é um espaço para debate saudável sobre a Portuguesa. Respeite os colegas rubro-verdes do site. Ofensas são proibidas e o comentário não será publicado.

Please enter your comment!
Please enter your name here