Foto: Divulgação

O cenário atual da Portuguesa vai ficando cada dia mais insustentável. A equipe venceu apenas um jogo na Série A2 do Campeonato Paulista e sofre para engrenar. Mas não é só dentro de campo que o time sofre.

Nos bastidores, a situação é caótica. De acordo com informações apuradas pelo NETLUSA, os jogadores trabalharam na manhã desta quinta-feira, mas se recusaram a treinar no período da tarde. O motivo é o atraso salarial.

Os atletas que chegaram neste ano já estão com um mês de salários atrasados – os remanescentes não recebem há mais tempo. O elenco recebeu cheques pré-datados para o dia 30 de janeiro, mas que foram sustados.

O grupo, que só volta às atividades na segunda-feira em caso de pagamento, ameaça acionar o Sapesp (Sindicato de Atletas de São Paulo) e não entrar em campo na próxima semana, diante do Votuporanguense. O atraso nos vencimentos pode culminar ainda na perda de pontos na Série A2.

Além do problema salarial, as declarações de Guilherme Alves, após a derrota para o Oeste por 3 a 0, não caíram bem entre os atletas. O treinador disse que falta comprometimento a alguns jogadores.

Internamente, atletas e comissão técnica da Portuguesa ainda reclamam do descaso do presidente Alexandre Barros e ainda citam ‘falta de comando’ do dirigente. O grupo também não gostou das palavras do mandatário, de que alguns jogadores seriam dispensados.

Com quatro pontos em cinco jogos, a Portuguesa é a 12ª colocada da Série A2, mas pode cair para a zona de rebaixamento com o complemento da rodada.

Presidente nega greve

A reportagem do NETLUSA procurou o presidente Alexandre Barros, que negou que os atletas estejam de greve e que a ausência de atividade foi um pedido da comissão técnica.

“Isso para mim é novidade. Estive lá com eles e o treino da tarde foi cancelado por opção do Guilherme Alves e do Portella (preparado físico)”, disse. “A única coisa que determinei é que está proibida a entrada de imprensa e ninguém vai dar entrevista”.

O mandatário, no entanto, confirmou a pendência nos vencimentos do elenco. “Os salários dos jogadores venceram no dia 20 e seriam pagos com cheques para o dia 31, mas fiquei sabendo que iriam voltar”, contou.

Base também sofre

Os jogadores e comissão técnica que chegaram à semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior também enfrentam grandes dificuldades. Os salários chegam a dois meses de atraso e não é dada sequer uma satisfação pela diretoria.

A Portuguesa não chegava à semifinal da Copinha desde 2002, quando conquistou o título da competição. O sucesso do time resultou na revelação de bons nomes, como Brunetti, Bahia, Cesinha, entre outros.

Por Lucas Ventura

NETLUSA EM UM CLIQUE
Ative as notificações do NetLusa, receba alerta de gols e todas as notícias do portal e fique por dentro de tudo o que acontece na Portuguesa. Clique AQUI e saiba mais!

67 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente esta situação é caótica. O presidente precisa vir a público esclarecer o que realmente está acontecendo. Como cobrar de um jogador que não recebe sequer o primeiro salário? A comissão técnica também precisa ser transparente. Do jeito que está o rumo é cair para a série A3. Precisa de comando, atitude, transparência e eficiência.

  2. Se esse atraso for verdade, e pelo histórico, acho que é mesmo, vamo querer o que?
    Que os jogadores tenham comprometimento sem que a diretoria também seja?

  3. Mas a ideia não era ter um elenco barato para termos condições de pagá-lo?
    Tudo foi dito na matéria. Falta de comando. Sem satisfação aos que devem e sem vergonha na cara. Jogador é assim, todo mundo sabe. Se pagou em dia vc tem todo o direito de cobrar… se não, aí vc vai ouvir um milhão de desculpas e lidar com corpo mole, greve e etc.

  4. Não da para culpar o Guilherme, tenho certeza que os nomes que vieram não eram suas 1ª nem 2ª nem 3ª opção, e a campanha da base foi de tudo uma surpresa para a torcida, mas a diretoria da Lusa é nível Copa Kaiser, eles que acompanham o dia a dia, se viram que tinha um potencial na base, deveriam montar um time base com os garotos, mais um 6 ou 7 jogadores de idade elevada, garanto que reduziria drasticamente a folha do clube, e talvez nem estariam com salários atrasados…..

    • Falou tudo Fernando. Em dezembro do ano passdo deveriam ter subido o time titular da base e juntado com os 12 que tinham ficado no elenco profissional. Teriam um elenco bom e barato com condições de pagar. Faltou planejamento a diretoria.

  5. Boa Noite aos irmão do grupo, por gentileza se algum dos senhores tiverem aproximação a Diretoria da base ,necessito saber da convocação da garotada que passou na peneira, pois através do telefone o caio não pode passar maiores, e eu me encontro um pouco distante de São Paulo. Obrigado meus caros amigos por qualquer informação.

  6. Esse presidente é um merda pura! Atrasar salários é de lascar, mas da base é muita burrice. Fechem essa merda!
    Ta explicado o motivo de não jogarem nada!

  7. Gafanhotos filhos da puta!!!! Raça imunda!!!! Ladrões safados! BURROS!!!! BURROS!!!! Secou a fonte, BURROS!!!! Saiam!!! Voltem para onde não deveriam ter saído!!! Raça imunda!!!!

  8. Se voce tem uma padaria e de repente comeca a ter problemas com falta de clientela. Precisa de uma reformar para modernizar mas não ha verba. E ai eventualmente começam a atrasar salários, cortes e por ai afora. Eventualmente a padaria e fechada. Infelizmente quantas vezes ja vimos isso acontecer. O mesmo se passa com a APD. Ja falamos aqui varias vezes. Não ha grana, não ha elenco. Não ha elenco, não ha bons campeonatos, etc. Entao fechamos as portas. E tao simples assim. Ninguém quer admitir mas essa e a realidade da empresa APD….

  9. Tá aí oq é q dar, querer ser presidente, sem ter condições d sanar os problemas do clube.
    Ser presidente da Portuguesa Desportos, é 1 cargo q torna qualquer cidadão conhecido no cenário esportivo mundial.
    Esse cargo é pra pessoais q tem responsabilidade e visão d empresarial.
    Isso ñ é brincadeira! Isso é responsabilidade. Tem q sanar essa situação, pq se ñ meus amigo.
    O time vai ser rebaixado.
    Agora voltando a 2013, Taí mafiosos miseráveis oq vcs fizeram com APD.
    Espero, e ñ quero ficar d Luto.
    Nunca pensei q 1 dia os jogadores da Lusa, chegaria ao ponto d recusar a treinar por falta d pagamento.
    Tá na hora do conselho entrar em ação.
    Vamos moralizar esse clube.
    LAMENTÁVEL!

  10. Gente, não adianta ficar criticando …
    As opiniões são divergentes. A grande maioria, revoltada; outros, ainda esperançosos…
    Só existe uma certeza : a APD está falida !
    Afinal , o clube social está abandonado há décadas. Lá não existe receita ! Não temos uma Arena multiuso.
    Das arquibancadas nunca tivemos grandes arrecadações. O time era mantido essencialmente pelas cotas de tv. Com as sucessivas quedas perdemos tal receita e, consequentemente, patrocinadores.
    O caso Heverton é como um câncer que, se descoberto e combatido no início, pode ter cura. Perdemos o tempo de agir. A doença se alastrou…
    A hora de cobrar era no primeiro rebaixamento.
    Como montar ou manter um time sem dinheiro ?

    • Amen Carlos Machado. E tudo isso o que voce falou. Alias, não e so entrar como Presidente e ter gestão empresarial. O nosso buraco e muito mais embaixo…..Se resume a uma palavra: Dinheiro, Mula, Cacife, Efetivo, Grana, etc. Sem isso não tem APD. Acabou

  11. A portuguesa tem como voltar a ser o que era? Tem, claro. Exemplos não faltam de times que estavam em situação semelhante ou até pior e se reergueram, dentro e fora do país. Então pq isso não acontece? Pq a portuguesa é um feudo controlado por meia dúzia de famílias. O Alexandre Barros sempre foi um porta-voz de muitas dessas famílias. Basta vc escutar o programa dele e seus patrocinadores que rapidamente se identifica isso. Essas pessoas se alternam no poder há muitos anos, e a torcida não participa desse processo. T como mudar? Não. O estatuto engessa qualquer possibilidade disso. Não podemos ser conselheiros ou vice ou presidente em um curto espaço de tempo. Qual a solução? Porrada? Entrar lá e expulsar a força? A portuguesa tem dois caminhos a se trilhar: 1- o poder sair das mãos dessas pessoas. O dono do audax (oeste) já mostrou interesse, até o red bull mostrou. Mas eles não estão interessados nisso. Não vão deixar isso acontecer, não até o terreno ser vendido. A única solução que eu vejo para o clube que amamos é uma refundação. Começar de novo, com outro CNPJ, outro espaço, chamando portuguesa futebol clube, esporte clube portuguesa, portuguesa da casa do caralho, não importa. Vamos a ultima divisão paulista (já estamos quase lá) e começaremos do zero. Vamos usar a unica coisa que temos , que é o nome, oferecer ele para quem tenha capacidade e em 6 anos estamos disputando as principais divisões novamente. E os licos, duartes, lupas, ferreiras e o raio que o parta que se matem por essa merda de terrenos. Vamos refundar a portuguesa.

    • Rodrigo, com base no seu post, transcrevo o que coloquei na matéria da Pizza

      Entendo que nesse momento precisamos mais de soluções do que críticas. Que tal começarmos um a discutir ideias para tirar a Lusa da lama? Penso que a solução é tirar o controle do departamento de futebol da corja. Sugiro criar uma Fundação, sem fins lucrativos, formada por torcedores, cujo objetivo é captar recursos e negociar jogadores e pagar seus salários, além de participar ativamente das decisões sobre o depto de futebol, inclusive nas categorias de base.
      Fazer um trabalho sério para reerguer no futebol e tornar um time forte e campeão.
      Como captar recursos?
      Quantos torcedores ou simpatizantes da lusa são empresários em SP? Mil? Dez mil? Fazendo um projeto estruturado será que não é possível arrecadar R$ 1 k de mil mensais de empresários? Em retribuição, poderia estampar na camisa o nome de cada um deles, formando as listras verde e vermelha.
      Bom… É uma idéia! Acho que há saídas. Basta saber ouvir com humildade e visar o bem da Portuguesa. Se nós, amantes da Lusa não fizermos algo, ninguém o fará.

    • Rodrigo, eu voto em “Portuguesa da Casa do Caralho”. É um nome forte e com apelo popular, além de ter muito a ver com as origens lusitanas e com a beleza do nosso idioma. Ótima sugestão.

    • Rodrigo, eu ia escrever justamente isso, mas você foi mais rápido, concordo 100 por cento no que você escreveu. Já estamos no fundo do poço mesmo, começar do zero não vai fazer diferença.

    • Outra sugestão que dou, mas essa é para AB, fazer um filme com toda história da Portuguesa, colocar tudo o que devemos e o que temos, colocar em baixo do braço e sair para o mundo buscar uma parceria com clubes europes, asiáticos o que for. Divulgar isso na midia. Portuguesa é uma mina de ouro como já disse Milton Neves, infelizmente poucos enxergam isso.

  12. O senhor ex reporter de campo,comentarista,narrador,agora presidente omisso,irresponsavel,incompetente,perdeu o controle da situação e não sabe o que fazer.é hora do conselho agir e encontrar uma solução afastando esse presidente de fachada.O clube está uma penúria,totalmente abandonado e sem comando.

  13. Parabéns Rodrigo pelo seu comentário, não vejo outra saída começar do zero tirar esses câncer que estão aí e com gente nova capacitada e realmente em seus sete anos a nossa lusa volte ao cenário nacional onde nunca devia ter saído.

  14. Jogador é pilantra se não recebe faz corpo mole, não adianta reclamar, o AB se perdeu, está acontecendo o mesmo que ocorreu com os últimos presidentes Ilídio, Joaquim e o Jose Luis.

  15. Há muitos anos que na Portuguesa ventilou a mudança de nome para o futebol.Creio que deveria ter feito há muito tempo,poderia angariar novos torcedores.O que temos hoje são portugueses e descendentes.Vejam o tamanho da torcida do Vasco.Hoje não temos time,nem torcida.

    • permita-me discordar. A única coisa que nos resta é o nome. É só por causa do nome que sai matéria em site quando roubam a pizza, quando cai pra quarta divisão ou qualquer outra merda. Só temos o nome e só ele pode ser oferecido como contrapartida em qualquer tentativa de recuperação. Ngm torce pro red bull ou pro audax. Mas torcem pra portuguesa.

      • Concordo, Rodrigo. Mantendo o nome Portuguesa, nunca vamos ser um Vasco ou um Palmeiras (também times de colônia) mas trocando o nome vamos ser apenas mais um time de futebol sem alma e sem significado, que não desperta o interesse de ninguém. Quem acha legal torcer pra uma empresa, tem aí o Red Bull, que você citou. Quem gosta de “time de prefeitura” tem o São Caetano. Quem tem raiva de português, que vá torcer para o Palmeiras ou para o caralho. Quem quer um time que represente alguma coisa, que tenha um contexto histórico em volta de si (e não apenas motivações capitalistas) que justifique a sua existência, esse tem que apoiar a continuidade da Portuguesa com o mesmo nome.

        • Fabio, talvez você tenha razão não concordando com a mudança de nome , mas o que vemos hoje é que a torcida da Portuguesa está quase extinta. Conheço filhos de torcedores da Lusa que torcem pro São Paulo, Santos, e até mesmo portugueses que torcem pra outros times.Penso que o que faz aumentar a torcida é um time vencedor, na década de 70 o Santos era a segunda maior torcida de São Paulo, hoje está bem abaixo dos demais grandes.Mesmo a Portuguesa em 73 dividiu o Morumbi na final com o Santos, mas no decorrer dos anos a Portuguesa foi caindo e chegou nessa situação de penúria.Já fui muito fanático na adolescência, chegava a chorar quando perdia num clássico, hoje eu caí na real, o que move o futebol é o dinheiro e isso a Portuguesa não tem.Antigamente a Portuguesa segurava um time por 2 anos ou mais, hoje são 3 times por ano.Você lembra a escalação do time de cor do ano passado?Eu lembro do time de 71 e olhe que eu tinha 11 anos de idade.

          • Carlos Henrique, respeito a sua opinião, porque essa é uma questão muito pessoal mesmo. Há os que preferem abrir mão de parte da história e da tradição para ter uma torcida maior, e há aqueles como eu, para quem a tradição e a história do clube importam mais. São duas correntes que têm argumentos válidos. Acho que essa questão, se um dia for colocada em pauta, deve ser resolvida através de votação, mesmo porque o estatuto do clube não deve permitir que seja de outra forma. Podemos usar o fórum para fazer a propaganda dos nossos pontos de vista. Se houver respeito nas opiniões, está ótimo. Eu até acredito que o nome “Portuguesa” nunca nos ajudou, pelo contrário, acredito que sempre fomos prejudicados pela arbitragem por sermos o clube dos colonizadores mas, mesmo assim, é isso que me faz ser torcedor da lusa. Apenas para complementar o raciocínio, acho que uma mudança de nome, hoje, não traria um aumento de torcedores automaticamente. Há denominações que surgiram recentemente (Red Bull, Audax, DB, etc…) que, se não me engano, não contam ainda, e talvez nunca venham a contar, com uma torcida significante. Depende da conquista de títulos, como você observou. Aqui dá para enxergar um círculo vicioso… Sem títulos, a torcida não aumenta, e sem uma torcida grande, a FPF, a CBF e a Globo não nos deixam ganhar títulos. Alguém tem dúvidas de que um time sem torcida sempre vai ser prejudicado em uma final contra o Corinthians, por exemplo? Não sei como se resolve essa equação… Teria que haver um tipo de esquema Parmalat para nos comprar alguns títulos e nos manter em evidência na mídia por um bom tempo, para a torcida aumentar.

    • Mudar o nome jamais, acrescentar podemos pensar. Vou te dar um exemplo, trabalho em uma empresa falida, que atrasa salários, fornecedores e tudo mais. Mas igual a Portuguesa, já tivemos dias de glória onde eramos os primeiros na nossa área, hoje estamos falidos, mas nosso nome é sempre lembrado, e quando entramos no mercado com algum produto novo, mesmo falidos, concorrentes ficam preocupados. Então nome é um significado forte sim.

  16. Fato: 1) o AB vivia as custas das tais famílias. Como disseram, basta ver seus patrocinadores na rádio. 2) Fato: com a sua arrogância, achava que salvaria a Portuguesa. Inferência: 1) Foi colocado lá como laranja e não sabia. 2) Tentou fazer alianças não autorizadas e por isso foi abandonado. 3) Com a sua arrogância, achava que sairia dessa. Se ferrou mais ainda.

  17. Inferências: 1) como vivia às custas das tais famílias, não sabe negociar com outras fontes. Por isso, não consegue novos investidores ou patrocinadores. 2) Não consegue nada, pois as famílias controlam os Conselhos. Fato: 1) diante das notícias, só quer jogar na Lusa quem não tem proposta de emprego nenhum, pois pior do que vive, não fica. 2) Ninguém quer patrocinar a Lusa, pois não se sabe pra onde vai o dinheiro e os fatos que por lá acontecem prejudicam a imagem da empresa.

  18. Fato: todo torcedor é pura paixão. Mas, a questão é que qualquer um de nós que tenha emprestado dinheiro vai querer o seu de volta. Isso é justo! Inferência: 1) O problema é que quem emprestou, ou a maioria que fez isso, emprestou para mandar e/ou ganhar mais juros do que no Banco. Além disso, esses são burros, pois acham que vão receber somente se o clube ficar no limbo e, assim, vender o terreno. Não acham que o clube tem potencial pra gerar receita e assim receberem o que lhes devem.

  19. Caso as minhas análises façam sentido, só vejo uma saída: um grupo de torcedores fundarão uma fundação sem fins lucrativos. Essa fundação teria por missão saldar, de forma indireta, tais empréstimos a longo prazo e manter os times de futebol (base e profissional). Como? Primeiro, criar um estatuto às claras sobre a finalidade da gestão de recursos da fundação: tudo para reerguer a Lusa. Sua existência seria somente para esse período (tem que ter advogados nessa). De cara, fazer arrecadação de doações financeiras (mensais) por meio de depósito bancário de seus torcedores – dos mais abastados aos mais desabonados. Para isso funcionar, tem que ter um canal de transparência, no qual o controle dos depósitos, saldo de c/c e saídas fiquem disponíveis para acesso e controle de todos. Arrecadaria-se um valor limitado, suficiente para se manter os quadros de futebol. O pgto dos credores, seria feito mediante percentual pré-estabelecido por contrato na venda de jogadores. As dívidas trabalhistas acordadas e a manutenção mínima do clube ficariam por conta das receitas do clube (locações, bilheteria, patrocínios de camisa, sócio-torcedor, painéis no estádio etc.). é lógico que para isso dar certo tem que haver acordos, boa vontade, honestidade, transparência e controle. Qto às doações, se os 1.000 torcedores que vão aos estádios doarem 300,00 por mês em média. Cobrir-se-ão as despesas de um clube da A2. Eu já pago 4 ST, e não me incomodaria, nessas condições, de doar mais um pouco e pedir pra amigos que não torcem pra Lusa nem que seja 10,00 de cada um (sempre com comprovante de depósito). Enfim, é uma ideia que nem sei se é legal, se precisa de aprovação dos Conselhos, mas creio que se trata de uma ideia plausível. Afinal, existem muitas fundações de empresas privadas, que atuam com receita para finalidades diversas (principalmente para obter renúncias fiscais). Para o debate!

    • Mario, entendo que o passivo que a Portuguesa tem é por conta dela. A fundação tem por objetivo de prover o depto de futebol a partir do momento de sua criação. O clube terá que ser transparente também quanto às arrecadações e destinações dos recursos recebidos, para que nenhum gafanhoto salafrário desvie os recursos.
      Sabemos que a renda de cada coxinha vendida está penhorada, portanto, com a evolução do time, creio que a torcida voltará aos estádios e com isso, a visibilidade e a volta dos patrocínios virão gradativamente. Nesse caso, o depto de Marketing vai ter que mexer o rabo e ir atrás de recursos.

  20. Para o debate das ideias, tb entendo que precisamos de voluntários acadêmicos que façam estudos para a Lusa de prospecção e planejamento, com a participação de muitos, para lidar com questões de longo prazo. Só OTD pensou no futuro do clube. Só que morreu antes e por isso os abutres por lá aterrissaram.

  21. Não é defendendo o AB, até porque acho que mesmo sem dinheiro pode se dar um jeito melhor do que ele tentou dar, diferente dos últimos 3 presidentes que não tentaram nada, e a torcida não pegou no pé como está pegando agora, porque será ? …. enfim, isso tudo só mostra que existe atleta panelinha, organizando o “corpo mole” e a falta de treino, fazer isso é tão sem caráter quanto falar que vai pagar e não paga…4 jogos e estão fazendo corpo mole, quando chega, sai falando que o clube é tradição, que quer muito ajudar a lusa a sair dessa situação!! Tudo falso, só querem ganhar dinheiro fácil, desde a Copa Rubro verde vejo um time sem vontade de ganhar, distraído e sem comprometimento, repito, não pagar salário é grave, prometer e não cumprir também, isso para os dois lados, jogador pequeno, se tenta jogar para se destacar, no futuro tá em um time maior, com salário melhor… enfim, AB contrato mal pra caceta, não aprendeu nada nos anos que passou criticando a diretoria no comando, de novo, falta de dinheiro não é justificativa pra quantidade de jogador ruim !!

  22. Para tirar o time da lama, a conta é simples: tem que entrar mais dinheiro do que sair. Princípio fundamental do fluxo de caixa.

    Dificuldade: qual investidor irá colocar capital e investir num time dessa laia?? Qual de vcs se fosse um empresário ( não torcedor) iria arriscar seu capital numa situação dessas??

    Solução: parceria honesta, vender o estádio por um valor honesto, jogar no Pacaembu, nacional, Juventus, etc… pagar tudo o que deve e recomeçar AGORA

    Não existe mudança é progresso sem transformação!!

  23. Vocês estão falando sério de criar uma associação de torcedores para arrecadar dinheiro para pagar jogadores e contratações??
    Pelo amor de Deus, tanta gente passando fome e frio e a gnt querendo arrecadar dinheiro para um clube sujo que só chegou nessa situação por causa da roubalheira deles mesmo??
    Poderíamos usar toda essa energia para ajudar os que realmente precisam, para a Portuguesa o máximo que farei é ir ao estádio, apoiar o time, comprar produtos licenciados, etc.
    O ideal para mim seria negociar com algum empresário que queira explorar o clube para fins lucrativos, afinal de contas a Portuguesa tem estádio, tem um nome, etc, mas acho quase impossível isso acontecer.
    Grande abraço

  24. Esse A.B. é um idiota, safado,não entende nada de empresário e menos ainda de futebol, quebrou até o programa da Radio Tropical, com os baba ovos, Sodate e cia. Ele tem que renunciar isso sim, deixar a presidencia pra alguém competente em idéias e financeiramente. A.B. pega seu boné e cai fora, voce conseguiu rebaixar a Lusa na série D, não ganhou a A2 de 2017, não classificou a Lusa na copa Paulista de 2017, nao conseguiu nada nesse seu retrospécto, cai fora seu babaca.

  25. Diabetes is often knopwn as Sugar Diabetes іn οlder adults
    now thіnk of it as diabetes type 2 symptoms. Whaever
    іt takes can yoᥙ produce a simіlar belief that you too
    ϲan live ɑ strong life with diabetes. Generally, ᴡithin this condition, tһe pancreas generates hardly any insulin.

  26. I see you don’t monetize your website, don’t waste your traffic, you can earn extra
    bucks every month because you’ve got high quality content.
    If you want to know how to make extra money, search for: Ercannou’s essential tools best adsense alternative

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here