Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA

No passado não tão distante, a Lusa sofreu muito com notícias mentirosas que acabaram prejudicando ainda mais a imagem do clube. Pensando em acabar com esse problema, o presidente Antonio Carlos Castanheira contou em live realiza nas redes sociais do clube na última terça-feira (2), que criou um canal de ouvidoria para preservar a agremiação.

“O canal de ouvidoria está aberto para receber essas perguntas dos sócios, teremos todo o prazer de explanar isso. A Portuguesa não pode mais ser exposta como foi, em ações que são puramente estratégicas, que não podem ficar sendo expostas. Criamos a ouvidoria para isso. Essa semana recebi três ideias fantásticas para melhorar a comunicação. Vamos utilizar esse canal para tirar dúvidas, fazer críticas… Esse canal vai preservar a Portuguesa de ser exposta na mídia como estava nos últimos anos. Peço aos sócios para centralizar na ouvidoria. Nada foi escondido. Logo na minha posse, disse que preservaria a imagem da Portuguesa ao máximo”, disse.

“As coisas que estivemos errando, através da nossa ouvidoria, podemos arrumar. Mas, peço para não expor o assunto para a mídia interna e externa. O principal ponto para sair dessa situação é a credibilidade. Temos que colocar as contas em dia, não deixar a Portuguesa ser exposta com essas notícias que saíram nos últimos anos ajuda a arrumar investidores. A Portuguesa precisa ser blindada nesse momento”, complementou.

Para isso, o dirigente deixou claro que precisa haver uma melhor comunicação da Rubro-Verde com seus torcedores. Por isso, ele pretende dar mais voz à cada diretor.

“Fizemos um realinhamento do caixa para buscar receitas e uma organização dos departamentos. Dentro do novo modelo, farei com cada diretor esteja nas próximas lives para falar diretamente ao torcedor. Participo de todas atividades, mas dou autonomia para eles e quero que eles mostrem o que estão fazendo. Todos nós sabemos que a Portuguesa tem um passivo gigante. Teremos que trabalhar muito para fazer os acordos”, contou.

ASSISTA: PARA JORGE NICOLA, QUEDA DA LUSA COMEÇA COM SAÍDA DE GRAÇA DE RICARDO OLIVEIRA:

Veja também:

Parceiros
Inscreva-se
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais votado
O mais novo Mais antigo
Inline Feedbacks
View all comments
Daniel
Daniel
1 mês atrás

Se a mídia não tivesse mostrado as sujeiras das gestões anteriores, a Lusa ainda estaria sendo dirigida por aqueles que afundaram o clube. Castanheira faz um bom trabalho, mas transparência é fundamental.

Derek Freitas
Derek Freitas
1 mês atrás

O que será que ele quer dizer com isso? Filtrar as notícias ruins e abafar os casos? A gestão esta sendo boa, mas tem que tomar cuidado com essas questões.

Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues
1 mês atrás

Acredito que o presidente deve continuar com o ótimo trabalho que vem sendo feito até agora, sem se preocupar com a mídia. Na realidade, a grande mídia sempre desprezou a Portuguesa e quando expõe alguma coisa sobre a Lusa, geralmente é de forma negativa.

Luiz Gustavo - Santos/SP
Luiz Gustavo - Santos/SP
1 mês atrás

Ótima ideia. Esta gestão está realmente cuidando dos interesses da Portuguesa. Vejo a vontade de reerguer o clube, não fechá-lo e “cair em cima” do dinheiro da eventual venda do terreno. Continue assim, Castanheira.