“Fiz um time competitivo”, garante Alexandre Barros

Presidente da Lusa disse que não classificou no Campeonato Paulista por causa da arbitragem

Apesar das campanhas ruins da Portuguesa na Série A2 do Campeonato Paulista e na Série D do Brasileiro, o presidente Alexandre Barros garante que formou um time competitivo para o ano.

Em entrevista ao canal de internet SportShow, o mandatário da Lusa negou que não tenha formado uma equipe de bom nível.

“Facil é falar. Difícil é fazer. Eu fiz um time competitivo. Não falei que seria campeão. Eu queria. Mas quando eu digo ‘time competitivo’, é um time que não toma vareio de ninguém”, disse o presidente, que citou um exemplo.

“O time do Paulista tanto foi competitivo que levou para Campinas mil torcedores. Por que levou tudo isso? Porque a Portuguesa ia brigar pelo G-4. Se ganha do Guarani, em Campinas, estaria no G-4. E a Portuguesa ganhou. A Lusa fez 1 a 0. Leandro Domingues sofreu um pênalti escandaloso aos 43 do primeiro tempo. O senhor Raphael Claus não deu pênalti. A Portuguesa continuou ganhando de 1 a 0 até os 43, quando a bola bateu na barriga do Amaral e ele marcou pênalti para o Fumagalli empatar por 1 a 1. Aí manteve os três pontos de diferença do Guarani para a Portuguesa. Porque a Lusa com os três pontos seria quarta colocada. A Portuguesa ia subir, porque a hora que ela chegasse na reta final, ela ia chegar. Então o time não foi competitivo? Ele foi competitivo, mas na hora que a Portuguesa colocou a cabecinha para fora e disse ‘to chegando’, veio a martelada da arbitragem na cabeça da Portuguesa”, bradou

Alexandre Barros, no entanto, admitiu que a sua gestão dentro de campo foi ruim, mas exaltou o trabalho realizado fora das quatro linhas.

“No futebol? Trabalho muito ruim, o resultado não veio. Isso é um erro. Mas administrativamente eu fui muito bem. Nós fomos muito bem. Você pegar uma casa arrasada, onde não paga salário e não tem perspectiva, e conseguir pagar teoricamente em dia, ter credibilidade, negociar processos…”, afirmou.

Ninguém aceitou

O mandatário rubro-verde ainda explicou o fato de acumular as funções de presidente e vice-presidente de futebol da Portuguesa.

“Convidei várias pessoas para o cargo, mas nenhuma aceitou, porque ninguém é maluco de assumir um futebol sem dinheiro e sem credibilidade. Então, não tem o que fazer”, concluiu.

13 COMENTÁRIOS

  1. Com o microfone na mão é um gênio. Lembrando que o empate em campinas não era um mal resultado, porém tomou um vareio de bola no jogo seguinte no canindé contra o são Caetano.

  2. Time da portuguesa era p ganhar a série D e copa paulista c folga… Campeonato de nível horrível e conseguiu não ter êxito… Pode estar arrumando o clube administrativamente, mas futebol não, então basta profissionalizar o dpto.

  3. Lixo vai pra puta que …………………………………………………..:::………………………………………:..:::::::…….,.,,,,,…..:.::::::::::::.

    • Falou tudo.
      O idiota achar que nós somos trouxas. Se só aquele jogo de Campinas fez falta então por que terminamos em 16°? Como disse o Rodrigo nos livramos da A3 por um gol, com ajuda de adversário que nem o último jogo conseguiu empatar para se garantir!!
      Esse indivíduo deveria pegar o boné e vazar!

  4. ele nao podia assinar nenhum contrato de jogador ate mes passado, pois nao tinha regularizado sua situacao como presidente, ou seja, ele nao era presidente do clube ate uma decisao judicial favoravel (com poderes parciais) conseguida ha apenas 1 mes. Qualquer clube que entrasse na justica , eliminaria a portuguesa por escalacao irregular de TODOS os jogadores cujo contrato foi assinado por este rapaz ai !!!
    o buraco da confusao e da sujeira eh muito mais embaixo!!!

  5. Concordo com a análise do Alexandre Barros. Não tem como fazer omelete sem ovos. Arruma uma pessoa competente para assumir o cargo de gerente de futebol. Se não tem ninguém não tem como deixar vago o cargo. Conforme já falei, a hora é de união, entre diretoria, torcida, associados, patrocinadores.

  6. Time competitivo aonde. ?????? Classificou na sorte, não jogando nada, jogadores horríveis. Por incrível que pareça os melhores do time era o Berna quando jogou e o Marcelino Paraíba com 50 anos.
    Alexandre Barros vai caçar sapo vai……Você conseguiu afundar mais a pobre LUSA. Gostaria de mandar um recado para os nossos conselheiros , membros do COFE, toda diretoria atual.
    Pega o BONÉ e vão embora, pede pra sair…….. bandos de incompetentes, jumentos……asnos…..
    CAIR DA SÉRIE “D” foi terrível………………

  7. Esse time não compete nem nos jogos de várzea!Puxou o saco na FPF e CBF e nada adiantou!sem time forte e regular, não vai ganhar nada!Trazer jogadores da Portuguesa Carioca pra que?tirando o Queiroz e o goleiro, não sobra ninguém, ridículos…Vai fazer o que no segundo semestre ano que vem?férias de 6 meses?Enquanto não montar um time de verdade que imponha respeito vai ficar nisso, deve começar agora com novo técnico e montar novo time para estar pronto no A2.

  8. Esse vagabundo mandou 15 funcionários embora do clube c 2 meses de salários atrasados ..e ainda por cima nao fez homologação..deixando todos em situação difícil ..o pior que já teve na lusa caloteiro.. puto..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here