Foto: Ronaldo Barreto/NETLUSA

Antonio Carlos Castanheira foi oficializado como novo presidente da Portuguesa para o triênio de 2020 a 2022, com Denise Boni de Mattos como vice-presidente. A chapa Real e Independente foi eleita a vencedora na eleição que aconteceu na noite desta terça-feira (11), no Salão Nobre do estádio do Canindé. A apuração, que antes estava marcada às 19h, teve início com uma hora de atraso e se arrastou até a madrugada desta quarta-feira (12).

“É um momento importante. Muito legal ver a garotada. Muito bom ver a galera focada em recuperar o brio da Portuguesa. É um momento único. É um momento que podemos iniciar uma nova época para esses 100 anos”, afirmou o novo presidenciável, em entrevista à Vity TV, momentos antes de ser oficializado.

A votação foi marcada por muita tensão desde antes do início dos trabalhos. O vice-presidente de Alexandre de Barros, Ricardo Costa, e o candidato da “Real Independente”, Antonio Carlos Castanheira, entraram em uma discussão que virou uma pancadaria. Os dois tiveram que ser separados por alguns membros do conselho que estavam em volta.

Já do lado de fora, a torcida organizada Leões da Fabulosa realizou uma manifestação pedindo a não reeleição de Alexandre de Barros. Com direito a faixas e um carro de som com os áudios polêmicos do mandatário lusitano, os torcedores pediam aos conselheiros para não reelegerem o então mandatário lusitano.

Durante a votação, a ansiedade tomou conta perante todo o Salão Nobre. Em ordem alfabética, cada conselheiro era chamado para pegar a sua cédula e se dirigir para a cabine de votação. O processo eleitoral foi marcado também pela presença de alguns conselheiros que estavam impedidos de votar, mas conseguiram liminares e puderam votar. Os seus votos, no entanto, foram para uma urna que ficou sob judice.

Depois de muitas conversas entre os fiscais e a mesa do Conselho, ficou decidido que estes votos seriam contados, mas ficariam separados até que as liminares fossem derrubadas. Os votos, no entanto, não muda o resultado da eleição. O atual presidente da Portuguesa, Alexandre de Barros, ficou ao lado de seguranças e deixou o Salão Nobre da Portuguesa momentos antes do final da contagem.

A eleição ganhou contornos como uma das mais importantes da história do clube, por conta do ano do centenário em 2020 e também pelo grande número de candidatos, aquém das últimas eleições. Com a eleição, a nova diretoria se prepara para o planejamento, já que assumirá o posto em 1 de janeiro do próximo ano.

Confira a quantidade total de votos, incluindo a urna sob judice:

Antonio Carlos Castanheira – 73
Alexandre Barros – 69
Fernando Tomé – 41
Manuel Reis – 9
Nulos – 3

Total: 195 votos

Bastidores da eleição que definiu o novo presidente da Lusa | BOLETIM NETLUSA

Veja também:

Parceiros

28 COMENTÁRIOS

  1. O Castanheira era diretor da atual diretoria achei que não tivesse chance alguma, surpreendeu. Pq será tantos votos apresentou alguma ideia boa? Alguém sabe ?
    O Tome tinha parcerias engatilhadas. Espero q o castanheira tenha algo bom por trás e por isso ganhou votos

  2. Kkkk…apanharam na mão e na urna!!! Aliás o Castanheira nocauteou o tal de Ricardo Costa, um direto que jogou o aldeaozinho idiota na lona!!! Minha torcida era pro F.T, porém vou apoiar nosso novo presidente!!! Tbm é legal uma mulher como vice, tomara que de certo…..é minha torcida!!! Vlw Netlusa, mas uma vez arrebentou nas informações, vcs tbm tem meu enorme respeito. E para dormir feliz….eu..eu..eu..A.B se fodeu!!!

  3. Que bom que pessoas novas surjam na nossa portuguesa castanheira nando tome e outros que vão surgir só assim nosso clube renascerá com mentes novas chega dás pessoas que quase acababaram com esse gigante juntos e abraçando nosso time seremos fortes

  4. A torcida lusa perdeu ontem uma excelente oportunidade na reunião. Todos os conselheiros reunidos no mesmo ambiente, era a hora de fechar a porta e tacar fogo lá dentro. Se livrar de uma vez por todas de todos esses cancerígenas que sugam a portuguesa. Quer dizer que o Alexandre barros, coveiro assumido da portuguesa, ainda teve votos? Alguém ainda achava que era possível a continuidade desse presidente no cargo? E agora escolheram alguém que sempre esteve ligado à ele e, antes da eleição, troca socos com outro candidato a vice? Estamos completamente fodidos. A portuguesa foi tomada de assalto por uma quadrilha que se recusa a entregar o osso. Enquanto não sugarem até a última gota, não vão parar. Desejo o pior a todos eles. E se esse presidente eleito quer o apoio da torcida, que sua primeira ação no dia 1 de janeiro seja a exclusão do quadro de sócios de Alexandre Barros e a proibição dessa pessoa de pisar no canindé. Aí sim, pode começar a trabalhar.

  5. Algo estranho acontece na Portuguesa que não sabemos, Tomé era o que tinha projeto, equilíbrio, diretoria afinada e toda torcida a seu favor. Conselheiros não deram ouvidos e não enxergaram isso. Foi surpreendente o baixo numero de votos para Revolusa, o menos ruim da história é não ter AB novamente, mas tenho minhas dúvidas se ele não vai pro tapetão.

    • Ao Castanheira , desejo sucesso e muita luta , mas para isso tem que se unir as pessoas que querem o bem da Portuguesa , que a união seja feita, aproveitando os membros da chapa Revo Lusa ( Fernando Tomé e seu vice , mais o Artur Cabreira ) com a união de todos , a Portuguesa será mais forte !

  6. Tinha que banir esses 69 que votaram no Alexandre .
    Outra coisa vc tem um candidato com todo organizado ( Tomé) e o pessoal deixa esse cara de fora!!! Como tem burro nessa Colônia.

  7. É absurdo ver o AB com 69 votos em segundo lugar. O que estes conselheiros tem na cabeça? Querem que o “projeto fim da Portuguesa do AB” se concluísse??? Boa sorte ao Castanheira. Que ele realmente queira modernizar a Lusa com parceria e investimentos. Espero que não seja “farinha do mesmo saco” do Alexandre Barros. Aos participantes da Revolusa desejo que continuem lutando pela Portuguesa porque a Lusa depende muito de gente como vocês. Que novos ventos soprem no Canindé.

  8. O impressionante é que 69 idiotas votaram no AB. Como derrotados, deveriam renunciar ao cargo. infelizmente isto não acontecerá, e esses idiotas só vão atrapalhar e tumultuar a vida de um clube que já está destroçado.

  9. Impressionante o A.B.osta ainda receber 69 votos e ficar em 2°. Fim da picada!!
    O único realmente com um projeto diferente (Revolusa) ficou em 3°.
    Bando de conselheiro FDP.

  10. Pela eleição do Castanheira e a quantidade de votos do A. Barros percebemos o perfil dos conselheiros da Portuguesa. O Tomé tinha ao menos um esboço, um projeto, uma possibilidade de parceria. As mesmas pessoas, tomarão as mesmas decisões e conduzirão ao mesmo caminho! No entanto em respeito aos que vieram antes de nós torceremos por dias melhores e sorte aos novos dirigentes. Quantas pessoas participaram com suor e lágrimas da construção desse clube!

  11. Mais 3 anos de uma gestão velha, ultrapassada sem crescimento sem nada!

    É só olhar pra cara do sujeito….e cada a mulher que é vice??? Pq ela não aparece????

    E Portuguesada ruim de gestão!

  12. Infelizmente cada um tem o governo que merece(escolhe).espero que o presidente eleito tenha um mínimo de respeito pela colônia portuguesa espalhada por este imenso Brasil.torceremos pelo seu sucesso.boa sorte sr. Castanheira.

  13. Parabéns
    Deus abençoe com muito sucesso.

    Sr. Castanheira

    Sou a mãe do Paolo Valentim, da base, peço de joelho em nome de Deus e Jesus Cristo, que resolva a situação dos atletas 99 que estão aguardando serem chamado para fazerem parte do elenco do time profissional conforme prometido pela gestão da Portuguesa. São jogadores diferenciados e merecedores de oportunidades por serem apaixonados pela gloriosa LUSA.
    Desculpa incomodar, mas não odeio injustiças .. Abraços

  14. Espero que o Castanheira coloque a Portuguesa de novo no Cenario Nacional. Que ele traga pessoas honestas, se possivel convide o Tome para ajuda-lo. O que surpreende e os 69 votos que obteve este FDP do AB, algo ainda esta muito errado…. Sorte Lusa em 2020.

  15. Justiça foi feita, graças aos conselheiros que votaram contra o boçal A.B. e a favor do Castanheira. Agora o que precisam é fazer uma gestão firme e forte para subirmos para A1. Força Lusa e vamos esquecer esse cancer A.B e temos que ver as contas de 17/18/19

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here