Carlos Alberto, em ação em 2013, e Paulinho Santos, em 2019 (Fotos: Marcos Bezerra e Ronaldo Barreto/NETLUSA)

O confronto com o Caxias-RS, pela segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, marca o reencontro de dois ex-jogadores com a Portuguesa. Hoje no clube gaúcho, Carlos Alberto e Paulinho Santos tiveram passagens discretas pelo Canindé.

Quem vestiu a camisa rubro-verde primeiro foi Carlos Alberto. Indicado pelo técnico Guto Ferreira, o meio-campista defendeu a Lusa em 2013 e 2014, mas pouco atuou. Foram apenas sete partidas e um gol anotado, na derrota para o Bahia por 2 a 1, pela ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Na ocasião, o time do Canindé jogou com atletas reservas, priorizando o Campeonato Brasileiro.

Depois de passar pela Portuguesa, o meia, hoje com 33 anos, foi para o Santa Cruz-PE e rodou pelo futebol brasileiro. No Caxias desde o último ano, ele atuou em 10 dos 14 jogos da equipe na primeira fase da Série D desse ano. Pode ser considerado um 12º jogador, já que dos últimos quatro jogos, foram três saindo do banco de reservas – no último, acabou não foi relacionado.


QUER A NOVA CAMISA DA LUSA?
Adquira aqui o novo manto da Portuguesa!


Ainda no setor de meio de campo, mas um pouco mais recuado, está Paulinho Santos. O volante de 34 anos esteve na Lusa em 2019 e chegou sob indicação do então técnico Luiz Carlos Martins. O jogador disputou apenas o Paulistão daquele ano. Foram 14 partidas e um gol marcado.

Após sair da Lusa, o volante passou por ASA-AL, CRAC-GO e São Luiz-RS, antes de chegar ao Caxias para a Série D dessa temporada. Na equipe grená, ele esteve em campo em 11 dos 14 jogos da equipe na primeira fase e é considerado imprescindível no time do técnico Rafael Jacques. Foram 10 partidas como titular no torneio.

O primeiro duelo entre Caxias e Portuguesa está marcado para este domingo, às 15h, no estádio Centenário, em Caxias do Sul-RS. Já o confronto da volta está agendada para sábado, 18, às 16h, no estádio do Canindé. Como de praxe, o NETLUSA transmite os jogos.

Acompanhe o NETLUSA no Facebook, Instagram, Telegram e YouTube

1 COMENTÁRIO

  1. O Carlos Alberto, não, mas o Paulinho Santos achava bom jogador. Tinha atuado pelo São Caetano anteriormente e acredito que não fez mais na Lusa pela bagunça que regia o clube (salários atrasados, falta de alimentação adequada, CT em condições precárias,…).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here