Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

Anunciado pela Portuguesa no último dia 22, o meia Geovani não poupou elogios ao elenco rubro-verde nesta segunda-feira (3). Em entrevista ao Paixão Lusa, da Rádio Trianon, o jogador ainda disse que todo plantel entende o peso que é defender a Lusa.

“A gente conversa entre os jogadores e sabemos que, pelo nosso elenco, o Fernando Marchiori, pode fechar o olho e escalar 11, pois eles vão dar conta do recado. O grupo é muito qualificado. Nosso plantel é mais qualificado do que quando estava no Cuiabá, ao conseguir o acesso para a Série B, em 2018. Sabemos que o clube tem esse intuito (do acesso), no ano do centenário. Isso nos deixaria na história do clube, além de dar uma levantada na carreira”, comentou.


Acompanhe o NETLUSA no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube

“Todos atletas que chegaram na Lusa sabem do tamanho e do peso da camisa. Costumo dizer que a Portuguesa é um time grande, jogando um campeonato pequeno. Pela grandeza que tem, a equipe não pode ficar na A2. Nós, jogadores, falamos isso. Somos privilegiados de estar aqui, com uma estrutura boa, elenco qualificado e ótima comissão técnica. Temos tudo para subir”, complementou.

O atleta, que defendeu o Resende no Campeonato Carioca e já passou pelo futebol italiano, também falou sobre suas características e a trajetória no futebol.

“É minha primeira vez em São Paulo. Acredito que todos jogadores do Brasil querem atuar no Paulista, que é um torneio muito competitivo. Sou um meia esquerda, gosto de fazer a função de meia, atrás do centroavante. Tenho também facilidade de jogar aberto, pela direita, cortando pela direita. Com o Marchiori atuei nessas duas posições no Cuiabá, onde vencemos o estadual e a Copa Verde”, concluiu.

Veja também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here