Foto: Léo Pinheiro/Futura Press/Folhapress

O atacante Diogo mostrou ainda ter muito carinho pela Lusa, clube que o revelou. Em entrevista publicada no último sábado, o jogador de 32 anos, que atualmente defende o Johor DT, da Malásia, afirmou que o tempo no clube foi sua melhor passagem no Brasil. O atleta defendeu a Portuguesa entre 2005 e 2008 e ainda regressou ao clube em 2013, último ano que a equipe atuou na Série A do Brasileiro.

“Acho que a passagem mais bacana que eu tive no Brasil foi pela Portuguesa. Cheguei menino lá, com apenas 15 anos, e tive duas passagens legais. Sou grato pelo tempo que passei lá”, disse para a Gazeta Esportiva.

O jogador ainda lamentou o mau momento do clube, que atualmente não disputa nenhuma divisão nacional, e disse que existe a possibilidade dele voltar a vestir o manto rubro-verde.

“É triste, jamais esperava por isso. É difícil prever uma volta, porque não sei quando vou voltar e se vou conseguir ajudar da melhor maneira, mas não descarto”, concluiu.

Veja também:

Parceiros
Inscreva-se
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais votado
O mais novo Mais antigo
Inline Feedbacks
View all comments
José Luiz Monteiro
José Luiz Monteiro
3 meses atrás

Não poderia esperar outra postura desse ser maravilhoso que é o Diogo. Tive a alegria de conhecê-lo em 2002, na equipe sub-15 da Portuguesa e todo o sucesso que já teve e tem na na carreira é um produto do seu modo de ser. Receba, aí na Malásia, meu abraço.

Torcedor
Torcedor
3 meses atrás

Esse poderia ajudar tem 32 anos e muita lenha para queimar.

Geraldo de Moura Neto
Geraldo de Moura Neto
3 meses atrás

Lembro que um idiota agrediu sem motivos a irmã do Diogo e mesmo assim o atleta soube separar a situação! Sempre honrou a camisa da lusa e sempre terá o meu respeito!
Sucesso garoto dentro ou fora do Canindé.

Luiz Gustavo - Santos/SP
Luiz Gustavo - Santos/SP
3 meses atrás

Esse é realmente um atleta que nos orgulha. Diferentemente de muitos “pulhas” que saíram pela porta dos fundos (Ricardo Oliveira, Guigui da mamãe, Luan Peres, Rafinha, Davó, etc), cuspiram no prato em que comeram, o Diogo sempre mostrou respeito e carinho em suas atitudes. Sucesso sempre, Diogo!