Foto: Rodrigo Corsi/FPF

Em entrevista ao Fox Sports Brasil na última segunda-feira, Mauro Silva, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), falou sobre a volta dos torneios em São Paulo. Segundo o campeão mundial com a Seleção em 1994, a entidade deve esperar a pandemia do coronavírus passar para tomar qualquer decisão.

“Muitos clubes realmente alegaram que boa parte dos contratos de seus atletas terminam ao fim da competição e não teriam condições de renová-los, ainda mais na situação em que estamos. Por isto, vamos esperar que se controle a questão do coronavírus e chamar todos os clubes para uma reunião e decidir o que fazer”, contou.

Mauro ainda destacou que o ato de parar as três principais séries (A1, A2 e A3) do futebol paulista não foi nada fácil.

“Envolve muitas questões, como os contratos dos clubes com os jogadores, os patrocinadores da competição, a televisão que tem os direitos de transmissão. O impacto financeiro para todos é grande, mas é uma questão de saúde! Foi uma decisão difícil, mas a vida de todos está em primeiro lugar”, emendou.

Para encerrar, o dirigente também falou sobre possíveis alterações no calendário nacional, já que muitos clubes, como a Lusa, não têm vaga no Campeonato Brasileiro.

“Atualmente, a Série D e Copa do Brasil são classificatórias via estaduais, então, os clubes se têm certeza que participarão depois de um certo tempo. Em São Paulo, temos a Copa Paulista, uma competição de segundo semestre, mas não é assim em todos os estados. Por isto, o calendário tem que ser avaliado”, finalizou.

A última partida da Portuguesa na Série A2 do Paulista foi no 15 de março. Atuando já com os portões fechados por causa da Covid-19, a Lusa venceu o Rio Claro por 1 a 0, em confronto da 12ª rodada. A vitória deixou a Rubro-Verde na oitava colocação, com 18 pontos ganhos.

Confira as últimas da Portuguesa no Boletim NETLUSA desta segunda-feira:

Veja também:

Parceiros

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar de