Foto: Artur Cabreira

O torcedor que for ao Estádio do Canindé verá uma bela arte na entrada principal para a arquibancada: uma homenagem a Enéas e Dener.

A pintura de um desenho dos ídolos começou nesta quinta-feira (6), como mais uma ação do grupo SOS Canindé, liderado por Artur Cabreira. No entanto, faltou energia elétrica no local, e o trabalho foi finalizado somente de madrugada.

Dener é um dos maiores nomes da história da Portuguesa. Nos anos 1990, foi revelado pela Lusa e encantou o mundo com sua genialidade. O meia-atacante faleceu aos 23 anos, em 1994, em um acidente de carro.

Enéas, maior artilheiro rubro-verde em campeonatos brasileiros, atuou com a camisa da Lusa de 1971 até 1980. No total, soma 179 gols pela Portuguesa. Coincidentemente, também se envolveu em um acidente de automóvel e morreu em 1988, aos 34 anos.

Veja também: