Foto: Reprodução/Band

Morto nesta segunda-feira, em um acidente de helicóptero, Ricardo Boechat já defendeu muito a Portuguesa nos seus programas. Flamenguista de nascimento, o jornalista adotou a Lusa em 2006, quando chegou a São Paulo.

Em setembro de 2016, durante o seu programa na BandNews FM, Boechat falou sobre o clube do Canindé e criticou o STJD pelo rebaixamento rubro-verde em 2013.

“A Lusa estava para a Série B e depois para a Série A. Uma vez na Série A, onde conseguiu se manter heroicamente, foi apunhalada pela cartolagem de alto nível dos grandes times. Como todos acompanhamos, ela foi vítima de um golpe no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e acabou rebaixada”, lamentou, à época.

O jornalista ainda brincou e disse que deu sorte para a Lusa. “Eu estava com a Portuguesa no seu processo de ascensão e continuo com ela hoje no sofrimento. Não sou pé frio. Seria se não tivesse chegado na primeira divisão como chegou, depois da minha quente torcida”, concluiu.

Em 2013, após a goleada história da Lusa sobre o Corinthians por 4 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, o jornalista posou com a camisa e o chinelo da equipe rubro-verde.

O helicóptero em que Ricardo Boechat estava caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, no início da tarde desta segunda-feira. Além do apresentador, o piloto Ronaldo Quattrucci também morreu.

Foto: Divulgação